aprendendo com

APRENDENDO COM

CASOS CLÍNICOS

NESTE E-BOOK VOCÊ IRÁ: 2

• Entender o que realmente são as “doenças” e suas causas; • Descobrir como se dá a relação entre mente e corpo (conflitos vividos x respostas do corpo); • Entender como Dr. Hamer consegue comprovar cientificamente essa relação através das tomografias cerebrais; • Saber como você pode ajudar seu corpo a se recuperar e voltar a normalidade com a manifestação de sintomas.

SOBRE A AUTORA: Dra. Marina Bernardi Fisioterapeuta, com especialização em Germânica Heilkunde, Anatheóresis e PSYCH-K.

3

Estudou com professores da Espanha, Nicaragua, Áustria e Estados Unidos. Responsável por Introduzir a Germânica Heilkunde no Brasil. Recebeu a certificação de autorização de difusão da Germânica Heilkunde por Itziar Orube, 2014. Estuda e comprova estudos há sete anos em mais de 3.000 casos atendidos.

INTRODUÇÃO 4 Já não é novidade que as pessoas acabam por relacionar situações da vida diária com respostas no seu corpo. Muitas pessoas chegaram a concluir a relação mente e corpo, como a chamada psicossomática. Exemplos disso são Freud e Carl Gustav Jung. Dr. Ryke Hamer foi além disso, através de tomografia cerebral, comprovou a ligação da psique com o cérebro e os órgãos. Isso faz parte de uma tríade inseparável e sincrônica. Ou seja, quando há alterações na parte psíquica, haverão alterações no cérebro e também nos órgãos. Dr. Hamer conversava e buscava as histórias de seus pacientes, principalmente o que ocorreu antes da manifestação dos sintomas. Ele era médico, cuidava de pacientes com câncer em um hospital na Alemanha, na década de 1980. Dr. Hamer descobriu no total 5 Leis Biológicas, hoje vamos falar somente de duas leis que fazem parte dessa compreensão inicial.

PRIMEIRA LEI BIOLÓGICA:

LEI FÉRREA DO CÂNCER 5

Dr. Hamer percebeu que esses pacientes tinham algo em comum: todos haviam passado por um impacto muito grande em suas vidas. Algo inesperado, que pegou esses pacientes de surpresa. Ele chamou este evento de DHS (Síndrome de Dirk Hamer). Tudo isso já havia acontecido com Dr. Hamer também, como a morte de seu filho, que foi assassinado. O que resultou depois em um câncer testicular. Foi quando ele fez essa correlação de impactos e respostas fisiológicas e teciduais e decidiu iniciar a sua pesquisa. Uma das constatações de suas pesquisas foi:

“Quando uma notícia nos pega de surpresa, quando assistimos algo inesperado, quando levamos um choque por algo que nos impactou e ainda vivemos em solidão e é algo dramático, sempre irá ‘marcar’ nosso cérebro e também em consequência para um órgão correspondente. “Quando esse impacto (DHS) ocorre, desenvolve-se um PROGRAMA DA NATUREZA COM SENTIDO BIOLÓGICO. Os três sistemas passam a responder em sincronia: a parte psíquica, a parte cerebral e o órgão correspondente.”

O QUE SÃO AS DOENÇAS? O que chamamos de “doença” nada mais é que um programa biológico da natureza com sentido biológico, que foi desencadeado por algo que impactou nossa vida (DHS). Para explicar melhor essa relação, vou citar aqui outro descobrimento de Dr. Hamer.

SEGUNDA LEI BIOLÓGICA:

A LEI BIFÁSICA 6 Existe uma lei na Germânica Heilkunde que é a chamada Lei Bifásica (de duas fases). Essa lei nos mostra que as chamadas “doenças” ou enfermidades, agora chamadas de programas biológicos, possuem duas fases: fase Ativa (de conflito ativo) e fase PCL (de conflito resolvido). Nas duas fases, há sintomas que nos ajudam a identificar se o conflito está ativo ou se já foi resolvido. Lembrando que podemos ter conflitos ativos e resolvidos ao mesmo tempo, ou seja, mais de um programa biológico instalado. Sempre haverão sintomas nos três sistemas: psique, cérebro e órgãos. Esses sintomas dependem de que fase a pessoa está: a fase ativa (conflito ativo) ou fase de conflito resolvido (fase de cura).

SINTOMAS PSÍQUICOS

QUAIS SÃO OS

SINTOMAS? 7

Os sintomas psíquicos da fase ativa sempre estão ligados a pensamentos compulsivos que não conseguimos controlar. Eles simplesmente aparecem como um filme em nossa mente. Você pode tentar se ocupar para esquecê-los, porém esses pensamentos retornam. Já na fase PCL, esses pensamentos compulsivos vão embora, e a pessoa se sente aliviada.

CÉREBRO - FOCOS DE HAMER A parte cerebral que segue a tríade inseparável, está ligada aos Focos de Hamer. Esses focos funcionam como um carimbo no cérebro no momento do DHS (choque, momento que ocorreu o conflito). Esses focos são vistos no cérebro como anéis concêntricos, através de tomografia cerebral. Para dar um exemplo muito simples de Foco de Hamer, podemos imaginar uma pedra caindo em um lago, formando anéis que são dissipados por ondas nesse lago. Quando o Foco de Hamer está em fase ativa, podemos ver seus anéis mais estreitos. E quando o conflito já se resolveu ou está em fase PCL, os anéis estão mais largos, com edema. O local onde é instalado o foco é onde se dá todos os comandos para o órgão, e a localização deste foco sempre depende do conteúdo deste conflito.

ÓRGÃOS 8

FASE ATIVA Estamos em simpaticotônia, o comando é a inervação simpática. Os sintomas são mãos frias, pressão arterial elevada, frequência cardíaca e respiratória elevada, perda de sono, perda de apetite, entre outros.

FASE PCL (CONFLITO RESOLVIDO) Aqui teremos a fase PCL-A e PCL-B. Em geral, vamos retornar com o apetite (muita fome, comemos em dobro), dormimos bem e muito, urinamos bastante, a pressão arterial, a frequência cardíaca e respiratória retorna ao normal e as mãos estão quentes. Estamos em VAGOTÔNIA.

Durante a fase PCL, que é a fase de cura do nosso corpo, quando resolvemos nosso conflito, há um momento chamado EPICRISE, onde o corpo retorna um momento para a simpaticotônia. Essa fase é um mecanismo de sobrevivência para expulsar o edema cerebral da fase da cura e, assim, retornarmos para a normalidade. Cada órgão afetado, de acordo com o conteúdo do conflito, vai responder, seja multiplicando ou diminuindo as células. Também pode haver a diminuição da função desse órgão. Neste artigo, você vai ver exemplos de como um impacto causa uma resposta a nível celular, sempre de acordo com o tipo de conflito.

9

Agora que você já aprendeu as duas primeiras leis da Germânica Heilkunde, é hora de conhecermos como tudo isso é na prática. Segue um caso clínico real com análise tomográfica cerebral feita por de Michael Loidl, professor avançado de Germânica Heilkunde.

ESTUDO DE UM CASO CLÍNICO 10 Homem, 33 anos. Lateralidade: canhoto (left handed) Nosso caso clínico inicia-se com um paciente que foi traído pela namorada e optou em separar-se após o choque inesperado. Abaixo está o Foco de Hamer, através de tomografia cerebral. Através da localização dos focos, sabemos o conteúdo do conflito (abandono, separação, perda, etc) e o órgão afetado.

Órgão afetado: Próstata Conflito biológico: Conflito genital feio

11

Nesta foto, podemos ver os focos de Hamer direito e esquerdo de próstata, com um foco em cada lado, o foco se torna central. Esse conflito está relacionado com um conflito genital feio, neste caso, causado por sua namorada que o traiu. O tecido é o Endoderma, onde, na fase ativa, houve a multiplicação celular (adenocarcinoma) com o sentido biológico de aumentar a produção de secreção e, por consequência, mais esperma. Ou seja, potencializar a função da glândula prostática. As imagens dessa tomografia nos mostram que o paciente já está em fase de PCL, em resolução do conflito, pois podemos ver na tomografia anéis brancos circundantes. Isso significa que está havendo uma tuberculose caseosa, com degradação do adenocarcinoma prostático.

Órgão afetado: Coletores renais Conflito biológico: De abandono, de sentir só, isolado

12

Os dois focos de Coletores Renais estão ativos (direito e esquerdo). O conflito é por se sentir sozinho, abandonado. “Meu mundo desabou”, “o que eu faço agora?” são conflitos existenciais. Sempre que em fase ativa, a pessoa irá reter líquido como um “peixe fora d’água”. Esse mecanismo foi criado quando os seres aquáticos, como os peixes, eram levados para fora do mar pelas ondas, e até que viesse uma outra onda, para sobreviver, eles começaram a reter líquidos. Assim, foi criado uma parte de nossos rins, chamado de Coletores Renais. Sempre que os coletores estão ativados, é necessário banhos de água com sal marinho, ou beber a própria água do mar diluída com água doce. Assim como dar apoio e encontrar maneiras que o paciente não se sinta tão só. E então, na fase PCL (resolução de conflito), ele passa a eliminar líquido. Esses focos podem criar uma barreira para os outros se resolverem, pela retenção de líquido. Em toda fase PCL, é necessário a expulsão do edema do cérebro, e se houver o foco de coletores renais ativo, vamos reter líquido, em consequência, os outros conflitos são impedidos de se resolverem.

Órgão afetado: Ouvido interno Conflito biológico: “Eu não quero ouvir isso”

13

Aqui podemos verificar a existência de um foco no ouvido interno com redução na capacidade de ouvir. Esse conflito não tem relação com o que o paciente está viveu com sua ex namorada pois esse foco, é o foco do ouvido direito, e sendo o paciente canhoto, o seu lado direito tem relação com sua mãe/filhos. Ele não se recorda o que ocorreu para ter este foco, mas ele continua até hoje com o zumbido no ouvido. Quando o paciente revive a situação, surge esse zumbido, que começou no DHS (choque do conflito). Na resolução de conflito, há a perda de audição no ouvido direito para as frequências ouvidas (voz, barulho, ruído...). Observações: O paciente não fez uso de nenhuma medicação durante os meses em que o programa esteve ativo, apenas descanso, boa alimentação, banhos de água do mar e ouviu a música de Dr. Hamer enquanto dormia. Ele encontrou uma nova parceira, e isso foi decisivo em sua recuperação, pois já não se sentia mais só.

TRATAMENTO? 14

O primeiro passo para o tratamento é identificar o DHS, o que impactou e levou a desencadear as respostas biológicas. Para isso, é necessário conhecer e estudar a Germânica Heilkunde e as suas leis biológicas.

Identifique a origem dos EU SINTOMAS: O que ocorreu em minha vida antes de iniciar os sintomas?

Após, é necessário entender as fases, se esse conflito está ativo ou se ele já está em fase de resolução, de acordo com os sintomas. De acordo com esta fase, podem ser necessários alguns direcionamentos em que o terapeuta Germânica Heilkunde poderá avaliar e verificar o melhor caminho que ajude esse organismo a retornar a normalidade. Sempre respeitando as fases de cada organismo, sem interromper a fase de cura. Para saber mais, entre no nosso site: www.germanicaheilkunde.com.br

15

“Eu quero guiar você para o entendimento das doenças sem medo ou pânico.” - Dr. Ryke Hamer

aprendendo com

APRENDENDO COM CASOS CLÍNICOS NESTE E-BOOK VOCÊ IRÁ: 2 • Entender o que realmente são as “doenças” e suas causas; • Descobrir como se dá a relação...

572KB Sizes 0 Downloads 9 Views

Recommend Documents

No documents